domingo, 3 de janeiro de 2010



Uma coisa muito difícil é arrumar a mala né? Acho que passei uma semana ensaiando começar a arrumar. Pra quem pensou em começar na segunda feira do dia 28/12/09 eu acabei preparando mesmo é no dia, 31/12/09, terminei só no ano seguinte ou mais especificamente, dia 01/01/10. Malas, fechadas, ticket na mão, dinheiro em bolso, documentos e lets go. Ihh.. Lembrei, esqueci meu kit kat de bolinhas, mas acho que já é tarde de mais Deixa pro Raphael. Faz de conta que deixei como lembrança (que pessoa gentil eu sou heim).

Indo para o aeroporto o que veio a mente é, Carambas, não tenho a mínima idéia do que estou indo fazer no Egito. Nem sei do por que lá. Um medo estranho pensar no desconhecido, no jamais visto, seguir a diante como um passo de fé nunca é e jamais será fácil. Mas então estou indo né, Deus falo então vamos. E me veio um pensamento, e se Deus mudar de idéia no meio do caminho? Será que é pra eu morrer? Todo mundo falo que seria perigoso e ficam brincando que eu posso não voltar, vai que é verdade? Droga, devia ter escrito cartinha pra todo mundo. Pelo menos deixei um kit cat. Calaboca Alessandro, você não vai morrer! Deus tem que cumprir muitas promessas em sua vida ainda. É, acho que vamos indo.

Cheguei no aeroporto, fila vazia na Ocean air, perguntei à atendente se já podia fazer o check in ela disse que já, mas o vôo era só as oito da noite. Ae fui olha no meu papel, estava escrito 05:30 da manhã. Ishh, lascoooo, falei pro meu pai. O vôo deve ter sido de manhã. Carambas, não é pra mim ir pro Egito, droga, só agora que as coisas não vão da certo? Bateu um desespero. Fui perguntar na fila da TAM se era da TAM o meu vôo. Acabei descobrindo que sim. Droga, não sabia nem com que companhia aérea eu iria. Desespero atoa.

Despedida sempre tem gente que chora né, geralmente quem fica e provavelmente a mãe. Calma mãe é só 37 dias. Foi uma despedida rápida, nem pensei em nada, só entrei. No avião encostei e meio que capotei. Não dormi na verdade, mas estava tão cansado que não pensei em nada. Só não dormi porque estava com vontade de comer um pãozinho quente e tomar uma coca. Mas uma cabeça totalmente vazia de pensamentos.

Em Sampa, muita fila, muita espera e graças a Deus tudo deu certo. Fui jantar tranqüilo, eba big tasty. Esperei até uma e meia da manhã pra pegar outro vôo. Conversei com uma israelense, descobri que todo israelense Server 2 anos no exército, independente se homem ou mulher. Pegamos o mesmo vôo pra Istambul mas depois nem nos falamos mais.

Vôo muito cansativo, pausa em Senegal, mas nem descemos. Senegal me pareceu muito pobre, cidade bem quebrada e nenhum ânimo em conhecer essa cidade.

Passando pra Istambul. Vendo da janelinha do avião, parecia os EUA. Acho que gostaria de conhecer, pensei. Conheci algumas pessoas no vôo,uma família com 6 pessoas e um casal que estavam indo para o Egito também. Umas 5 horas esperando o próximo vôo para o Egito. Comi burguer king e depois tomei um moca no Starbucks. Acessei a internet e falei com minha família. É, hora de embarcar, mais duas horas de vôo. O que somariam 26 horas de viagem no total.

No vôo comi mais um macarrão e tomei suco de laranja. Estranho que nos vôos pra países árabes só tinham aeromoços, ou aeroboys, sei la como se chamam. Realmente estranho ver um cara bombado, barbudo te servindo. Dava medo. Essa viagem foi meio angustiante, sentei na janelinha, um cara grande, negro e islâmico do meu lado, um gordinho suíço, hight tech do lado do cara grande. Hora tensa pra ficar apertado, pensei maneiras de passar da janelinha pro corredor e ter acesso ao banheiro. Talvez se eu pisasse no encosto de braço da cadeira do negão e depois pulasse pro corredor por cima do gordinho. Mas e se eu pisasse ou chutasse alguém? Será que eu apanho. Ish.. o negão ficou bravo, a mulher chinesa, na frente deitou o banco. Ele ta resmungando que esta apertado. Eita pega, agora ele ta empurrando o banco da mulher pra frente. A mulher esta xingando ele. E ele continua empurrando o banco . Agora ele ta batendo no banco dela. Que medo. Ele ainda segura uma coisa na mão, será um detonador de bomba? Tem um botão no topo. Eita. Será que Deus me colocou aqui pra salvar o avião do islã? Ou pra evangelizar ele? Ufa, até que em fim esse negão se acalmou. Agora ta tretando com o gordinho do lado, falando que é proibido usar notebook no vôo. O gordinho não ta nem ligando. Ish, esse negão vai explodir o avião. Que horas que é melhor eu bater nele? Será que na hora que for apertar o botão? Ah, deixa queto, qualquer coisa eu já vou pro céu. Eita pega, vai apertaaaa.. uai. Abriu .. Ele guardo o óculos.. Credo, essa caixinha de óculos da medoo. Mas também o cara ta com um alcorão, um cilindro com botão é grandão, quem não desconfiaria de um terrorista?

Ah, já sei, vou pedir licença e ir. Eles saíram pra mim poder ir ao banheiro. De boas.. Nem foi tão difícil assim.

Cheguei no Egito, ta meio frio, 15 graus. Acho que são 2h da manhã.

Welcome to egipty esta escrito na plaquinha.

To be continue

2 comentários:

  1. comi o kit kat! hAha. tah gostoso!
    ms oks, morre não senão a mamãe vai chorar.
    abrazz!

    ResponderExcluir